09 de Dezembro de 2022
20º/30º
Notícias - Local

Tupã receberá máquina que gera óleo, gás e energia a partir do lixo

Equipamento israelense ficará por 30 dias no município

Tupã será contemplado no início do próximo ano com uma máquina israelense que, com tecnologia de pirólise, utiliza o lixo para gerar gás, energia e óleos. O equipamento ficará por 30 dias no município e a iniciativa servirá de modelo para as outras cidades do país.

A novidade foi divulgada nas redes sociais do prefeito Caio Aoqui, que esteve na última semana em São Paulo, junto do secretário de Agicultura, Anderson Luiz, para reuniões com os técnicos e engenheiros da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), instituição vinculada ao Ministério da Saúde, e que intermediou a escolha de Tupã para receber o equipamento tecnológico.

"Essa máquina é avaliada em 18 milhões, ou seja, dificilmente teríamos condições de comprar, mas serviremos de modelo. O lixo que recebemos e que vai para a estação de transbordo para ser destinado ao aterro, através desse processamento, poderá gerar óleo, gás e energia", disse o prefeito Caio Aoqui.

De acordo com o superintendente da Funasa, dr. Ronaldo Camargo, o equipamento ficará de 'showroom' por 30 dias em Tupã e agregará a visita de representantes de mais de 200 cidades que conhecerão a tecnologia.

"Essa tecnologia é ímpar. O objetivo é que os técnicos e as universidades parceiras façam todos os cálculos de benefícios dessa máquina. É tecnologia nova que gera do lixo várias energias, o óleo comestível, o óleo combustível, energias elétricas, e também outras alternativas, inclusive gases", destacou o superintendente.

A conquista da máquina atende a indicação nº 507/2022, do vereador e 1º secretário da Mesa Diretora, Pastor Eliézer de Carvalho, que desde o seu primeiro mandato trabalha com pautas ligadas a redução dos impactos negativos no meio ambiente.
"Ao convertermos os resíduos, eles adquirem valor comercial, desta forma podem ser introduzidos no mercado como matéria-prima para geração de novos produtos. Por isso, a vinda deste equipamento trará resultados satisfatórios no âmbito social, ambiental e econômico", destacou o vereador e primeiro secretário.

Outra importante conquista para Tupã foi a escolha do município para ser uma das quatro cidades do Estado de São Paulo, que participará do estudo de orientações para investimentos em saneamento rural realizado pela Funasa em parceria com a Fundação Carlos Alberto Vanzolini (FCAV) e a Universidade de São Paulo (USP).

O anúncio oficial ocorreu em 30 de agosto, no Kaikan, após a Secretaria Municipal de Agricultura, por meio de seu corpo técnico, encontrar o projeto da fundação e estudar a possibilidade de Tupã participar do projeto-piloto, que busca viabilizar as metas de saneamento previstas no Marco Legal do Saneamento (Lei Federal 14.026/2020): 99% da população com água potável e 90% com coleta e tratamento de esgotos até dezembro de 2033.

Para o secretário de Agricultura, Anderson Luiz, com os projetos saindo do papel, Tupã aumenta seu potencial de desenvolvimento e atrai os olhares de todo Brasil, sendo exemplo de projetos tecnológicos essenciais para o futuro.

"Estamos falando de uma notícia excelente para o nosso município, um plano de saneamento rural, toda a extensão rural de Tupã com estudos e dados levantados, e o plano de ação, que é o mais importante. Teremos um projeto-piloto, a custo zero para o município. Fica aqui nossa gratidão a toda equipe técnica da Funasa, e destaco a importância de estar alinhado o Poder Executivo e Legislativo para o município", finalizou o secretário.
Assessoria
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM