18 de Junho de 2021
20º/30º
Notícias - Local

Tupãenses pagaram mais de R$ 17 milhões em impostos no mês de maio

O valor é 14,03% menor em relação ao montante de R$ 20.074.377,00 arrecadado no mesmo período do ano passado.

Os tupãenses encerraram o mês de maio pagando R$ 17.256.967,00 em impostos ao município, Estado e União, segundo dados do "Impostômetro". O valor, porém, é 14,03% menor em relação ao montante de R$ 20.074.377,00 arrecadado no mesmo período do ano passado.

Vale lembrar que a queda na produtividade e os impactos na economia são um dos fatores que também atingiram a arrecadação de impostos no município. Para atingir a quantia arrecadada entre os dias 1º de janeiro a 31 de maio deste ano, é como se cada um dos 65.570 tupãenses pagassem cerca de R$ 1,75 em impostos por dia.

Em alta

A Acesp (Associação Comercial de São Paulo), que mantém os dados do "Impostômetro", explicou que a alta nos preços dos medicamentos e dos alimentos fez a inflação dos mais pobres encerrar o mês de abril duas vezes maior que a dos mais ricos, segundo dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). "O Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda registrou uma desaceleração da pressão inflacionária na passagem de março para abril em todas as faixas de renda, interrompendo a tendência de crescimento sentida por dois meses consecutivos", afirmou.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e usado pelo Ipea para fazer o cálculo da inflação por faixa de renda, encerrou o mês de abril com avanço de 0,31%, ante uma elevação de 0,93% em março.

Os gastos com saúde, turbinados pelos reajustes nos preços dos medicamentos autorizados pelo governo, deram a principal contribuição para a inflação da baixa renda em abril, 0,20 ponto porcentual, seguidos pelo encarecimento dos alimentos, 0,14 ponto porcentual, especialmente das proteínas de origem animal, como carnes, aves, ovos e leites e derivados.


Diário Tupã
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM