25 de Setembro de 2022
20º/30º
Notícias - Mundo

Dezembro terá fenômeno astronômico que não ocorre desde a Idade Média

Logo após o pôr do Sol, a proximidade entre Júpiter e Saturno fará com que esses dois corpos celestes pareçam um planeta duplo.

Um fenômeno astronômico que não acontece desde a Idade Média poderá ser observado no dia 21 de dezembro, logo após o pôr do Sol, a proximidade entre Júpiter e Saturno fará com que esses dois corpos celestes pareçam um planeta duplo.

A proximidade entre os dois planetas já está ocorrendo e, entre os dias 16 e 25 de dezembro, a percepção será de que eles estarão separados por menos do que um diâmetro de lua cheia. "Na noite de maior aproximação, em 21 de dezembro, eles se parecerão com um planeta duplo, separados por apenas um quinto do diâmetro da lua cheia", explica o astrônomo da Rice University, Patrick Hartigan.

Embora as melhores condições de visualização sejam próximas ao Equador, o fenômeno poderá ser observado em qualquer lugar da Terra, se o clima permitir. Hartigan explica que a dupla planetária aparecerá baixo no céu ocidental por cerca de uma hora após o pôr do sol todas as noites. "Para a maioria dos observadores do telescópio, cada planeta e várias de suas maiores luas estarão visíveis no mesmo campo de naquela noite", acrescentou.

Segundo o astrônomo, alinhamentos entre esses dois planetas são bastante raros. "No entanto, esta conjunção é excepcionalmente rara por causa da maior proximidade entre eles. Você teria que voltar até um pouco antes do amanhecer de 4 de março de 1226 para observar um alinhamento mais próximo entre esses objetos visíveis no céu noturno", complementou.

A próxima vez que esse vento ocorrerá será no dia 15 de março de 2080. Depois, só depois do ano 2400.
Agência Brasil
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM

James Webb: nova imagem do supertelescópio captura a visão mais nítida dos anéis de Netuno em décadas

Segundo a Nasa, o registro inédito destaca as características do gigante de gelo, como seus anéis brilhantes e faixas de poeira, de uma perspectiva completamente nova.

Realeza, líderes mundiais e público se reúnem para funeral da rainha

Rei Charles e outros membros da realeza seguiram caixão

Marca de ketchup Heinz terá de mudar rótulo após a morte da rainha; entenda

Mudança deve ocorrer devido ao Royal Warrant, um documento que permite que uma empresa use o brasão real nos produtos e na comercialização deles em troca do fornecimento de bens e serviços à realeza.

Nasa encontra sinal de possível vida microbiana antiga em Marte

Material ainda não é uma prova concreta da existência de vida passada no planeta vermelho, mas é a melhor chance até hoje, segundo a agência. Para confirmar a hipótese, amostras devem ser trazidas para a Terra e analisadas, daqui a uns dez anos.

Rainha Elizabeth II morre aos 96 anos

Monarca estava no Castelo de Balmoral, acompanhada do filho mais velho e herdeiro, o príncipe Charles; príncipes Andrew, Edward e William também estão no local

Saúde da rainha Elizabeth 2ª preocupa médicos, informa palácio de Buckingham

É um tanto incomum o Palácio de Buckingham divulgar um comunicado como este — em geral, o Palácio não está disposto a comentar sobre os assuntos médicos relacionados à monarca, que são vistos como privados.

- Veja a lista completa