21 de Maio de 2022
20º/30º
Notícias - Mundo

Há 60 anos era erguido o Muro de Berlim, símbolo da Guerra Fria

Marco que dividiu a Alemanha em dois territórios durou 28 anos

Ruas, praças e bairros divididos da noite para o dia. Famílias separadas. Amigos do outro lado da fronteira. Em 13 de agosto de 1961, a construção do Muro de Berlim, na Alemanha, surpreendeu a população. O marco divisor entre Alemanha Ocidental e Oriental foi mantido por 28 anos e se tornou símbolo da Guerra Fria.

De um lado, a República Federal da Alemanha, conhecida em português pela sigla RFA, que seguiu o plano de reconstrução do capitalismo norte-americano na Europa Ocidental. Do outro, a República Democrática Alemã, com a sigla RDA, sob influência da União Soviética.

© Reuters/Wolfgang Kumm/ DPA / Picture Alliance/Direitos reservados
© Reuters/Wolfgang Kumm/ DPA / Picture Alliance/Direitos reservados


Durante o período pós-Segunda Guerra Mundial, estima-se que 2,7 milhões de alemães deixaram o Leste da Alemanha por motivos políticos, econômicos e pessoais. Para impedir esse êxodo e reafirmar a soberania do governo do lado oriental, a RDA colocou em prática um plano ultrassecreto, chamado de Operação Rosa.

Na madrugada de um domingo, as tropas da RDA fecharam a fronteira e deram início à construção de um muro. Os moradores acordaram com barreiras de arames farpados onde ainda não havia a estrutura de concreto. Pedestres não puderam mais transitar entre os dois lados. A circulação de transporte rodoviário e ferroviário também foi cortada.

Depois de pronto, o Muro de Berlim tinha mais de três metros e meio de altura e mais de 110 quilômetros de extensão. Toda a área era monitorada por guardas, com ordem de atirar em quem tentasse furar o bloqueio.

Memorial do Muro de Berlim na Bernauer Strasse, em Berlim, Alemanha - Fabrizio Bensch/Reuters/Direitos reservados
Memorial do Muro de Berlim na Bernauer Strasse, em Berlim, Alemanha - Fabrizio Bensch/Reuters/Direitos reservados


De acordo com dados do Memorial do Muro de Berlim, desde a construção até a queda, em 1989, pelo menos 140 pessoas foram mortas no local. Além disso, 251 pessoas morreram durante ou após os controles de travessia.

O que restou do muro hoje é um museu a céu aberto. Ali é possível aprender mais sobre os conflitos que permearam a divisão do país e conhecer as histórias das vítimas, assim como ter acesso a depoimentos de testemunhas oculares.
Agência Brasil
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM

Sinais misteriosos: dados de sonda de 45 anos que viaja fora do Sistema Solar intrigam cientistas da Nasa

A sonda, o objeto mais distante da Terra já lançado pelo homem, tem como objetivo coletar dados do chamado espaço interestelar. Mistério que intriga cientistas está no sistema de orientação espacial do equipamento.

Agentes são acionados para capturar leão solto em cidade do Quênia, mas quando chegam ao local encontram apenas sacola de mercado

Equipe de proteção aos animais chegou preparada para lidar com um felino, mas acabou se deparando com uma sacola de compras com desenho de leão.

Olhe para o céu! Vênus e Júpiter estarão em conjunção neste final de semana

Fenômeno poderá ser visto em todo o Brasil, de acordo com o Observatório Nacional.

Novo surto de ebola atinge a República Democrática do Congo

O último surto teve duração de 42 dias. Na ocasião, foram notificados 11 casos (oito confirmados e três prováveis) e seis mortes na província do Kivu Norte.

Rincón, ex-jogador de futebol, morre aos 55 anos na Colômbia

Ídolo no Brasil e em seu país natal não resistiu aos ferimentos após ter o carro atingido por um ônibus na Colômbia, na última segunda-feira (11); jogador teve traumatismo craniano e passou por um delicada cirurgia, mas não sobreviveu.

Will Smith é banido por 10 anos da cerimônia do Oscar e outros eventos da Academia

Decisão de barrar presença em eventos até 2032 não impede nomeação ao prêmio nem tira estatueta que ele ganhou em 2022. Ator já havia renunciado à Academia após tapa em Chris Rock

- Veja a lista completa