28 de Novembro de 2022
20º/30º
Notícias - Mundo

Homem condenado por circular nu em delegacia na Espanha vai pelado a audiência em tribunal

O homem colocou roupas quando guardas avisaram a ele que havia um menor de idade por perto. Segundo o advogado, o pelado é um defensor da liberação do nudismo.

Reprodução de vídeo do 'El Diário' mostra homem espanhol que tentou ir a um tribunal sem roupas — Foto: Reprodução 'El Diario'
Reprodução de vídeo do 'El Diário' mostra homem espanhol que tentou ir a um tribunal sem roupas — Foto: Reprodução 'El Diario'


Condenado por exibicionismo após circular nu em uma delegacia, um espanhol de identidade não relevada tentou entrar pelado em um Fórum de Justiça de Valência nesta terça-feira (27). A sessão havia sido marcada para que um juiz tomasse uma decisão sobre um pedido de apelo feito pelo homem.

Segundo a mídia espanhola, o primeiro nome dele é Alejandro.

Três guardas impediram Alejandro de entrar pelado no Fórum. Outros policiais se aproximaram e obrigaram o homem a se vestir —havia um menor nas imediações, e se Alejandro não colocasse as roupas, seria penalizado novamente.

O advogado do homem afirmou ao "El País" que Alejandro foi condenado por entrar pelado em uma delegacia.

O homem pelado não foi condenado criminalmente, mas, só a pagar multa. Ele só estaria sujeito a ação criminal se tivesse ficado nu perto de menores de idade, o que não foi o caso.

O advogado, Pablo Mora, diz que eles não acreditam que seja obsceno ficar pelado na rua, e que se trata de um tipo de liberdade de expressão.
Porta G1
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM