03 de Dezembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Acusado de matar homem em fazenda de Iacri alega que vingou a morte do irmão

O homem, que foi preso pela Polícia Civil, relatou que Francisco teria assassinado seu irmão há 5 anos, no Ceará.

O acusado de matar Francisco Marcos Pereira de Souza, de 34 anos, foi preso pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (28). O homem, que tem 33 anos e é morador de Iacri, conta que o motivo do crime foi para vingar a morte de seu irmão, que ocorreu em Pedra Branca, no Ceará.

O acusado contou ainda que a morte do seu irmão foi praticada por Francisco de Souza. O revólver usado no crime também foi apreendido.

O delegado Wellington Ubiratã, da Delegacia de Polícia Civil de Iacri, informou que também foi detido um jovem de 18 anos que teria levado de moto o indivíduo até a fazenda para executar Francisco de Souza. "Após o cometimento do delito fizemos a investigação e inteligência policial, com apoio da DIG e DISE de Tupã, esclarecemos o crime e identificamos os dois envolvidos no homicídio do último dia 17. Na manhã de hoje, dia 28, fizemos o trabalho de busca e diante da confissão dos investigados eu representei junto ao Fórum de Bastos pela prisão temporária de 30 dias de ambos os investigados”.

Wellington Ubiratã revelou ainda que "Segundo o atirador a vítima teria ceifado a vida de seu irmão de nome Daniel há 5 anos atrás na cidade de Pedra Branca no Ceará, e em virtude disso na data do dia 17 de outubro teria se vingado da morte do familiar. Contou ainda que o jovem de 18 anos levou ele - acusado - até a propriedade e ficou perto de uma ponte próximo ao local do homicídio. Relatou também que desceu da moto e foi até o local do crime onde disparou sete tiros contra a vítima. Ainda segundo o depoimento existe uma desavença familiar”.

O trabalho policial realizado na manhã de hoje contou com o delegado Wellington Ubiratã, o investigador José Cícero, que está substituindo a investigadora Viviane que desfruta de merecidas férias e apoio da equipe da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Tupã - investigadores Márcio, Tiago, Arthur, Marcio Jorge e Marshal.
Bastos Já
+ VEJA TAMBÉM