05 de Fevereiro de 2023
20º/30º
Notícias - Região

Copa do Mundo: bike com mais de 100 rodas e 48 lugares agita ruas nos jogos da Seleção no interior de SP

Conhecida como 'Jabiraca Furacão', a bicicleta tem vários enfeites e até sistema de som. Ideia surgiu durante a Copa do Mundo de 1998, como forma de diversão entre amigos da cidade, que é chamada de "cidade das bicicletas".

Torcedores se reúnem em bicicleta com mais de 100 rodas em Cândido Mota (SP) — Foto: Facebook/Reprodução
Torcedores se reúnem em bicicleta com mais de 100 rodas em Cândido Mota (SP) — Foto: Facebook/Reprodução


Cândido Mota, no Interior de SP, tem a fama de ser a cidade das bicicletas. Em 2012, por exemplo, um levantamento da prefeitura apontou que mais de 30 mil bicicletas rodam pela cidade todos os dias. Por outro lado, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) calcula cerca de 29.800 moradores, ou seja, tem mais bicicletas que moradores.

Mas uma bicicleta em especial chama atenção durante a Copa do Mundo: A Jabiraca Furacão. Criada em 1998, o veículo que, na verdade, é uma "policicleta", sai às ruas da cidade na época de Copa e reúne torcedores de todas as idades no apoio pela seleção brasileira.

Segundo Márcio Luiz Alves Pereira, idealizador da Jabiraca, a ideia surgiu como forma de diversão entre amigos durante o mundial daquele ano.

"Decidi reunir alguns amigos e resolvemos montar umas bicicletas e sair desfilando, e deu certo. Começamos a acumular bicicletas em outras e até hoje chegamos nessa versão", conta.
Hoje, completando 24 anos, o veículo tem 15 metros de comprimento, além de vários enfeites e até sistema de som. Foram necessários dois meses para confecção.

No início, a Jabiraca tinha apenas lugar para seis pessoas. Conforme os anos foram passando, esse número aumentou e, hoje em dia, ela comporta 48 pessoas.

Mas, o trabalho de pilotar a "super bicicleta" pertence a uma pessoa: o Carlos. Ele conta que precisa de muita concentração e pulso firme.

"Tenho que ter muito cuidado e força no braço, senão a Jabiraca tomba e cai todo mundo. Pra 'brecar', é na sola do sapato mesmo", conta o lavorista.

Na vitória ou na derrota, a Jabiraca Furacão estará rodando pelas ruas de Cândido Mota. "A gente é brasileiro. Vamos festejar sempre", diz o balconista Edmar Lopes.
Portal G1
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM