11 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Jovem de 18 anos morre com Covid-19 em Marília e é a segunda vítima na família

Ela estava internada há poucos dias e já havia perdido a avó para a doença na semana passada

Marília aumentou nesta segunda-feira o número de óbitos de pacientes com coronavírus e a estatística ganhou nome e reações em redes sociais.

De acordo com o site Giro Marília, trata-se de uma jovem de 18 anos, identificada como Giovanna Volpe, que estava internada há poucos dias e já havia perdido a avó para a doença na semana passada.

A jovem trabalhava em um lanchonete da família, estudava e seu falecimento começou a repercutir em redes sociais na noite de ontem (15).

A família tem ainda outra paciente, irmã da estudante, que também está internada em um caso agressivo da doença.

Segundo a Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde, Giovanna Volpe teve contato com caso positivo da doença e passou por atendimento em uma unidade de saúde nos dias 2 e 4 de junho. No dia 5, ela precisou ser internada.

Ainda de acordo com a prefeitura, o caso da jovem se agravou por causa das condições já instaladas e da obesidade. O caso dela foi confirmado no último dia 12 pelo Instituto Adolfo Lutz.

Divulgação - Giovanna Volpe faleceu aos 19 anos, vítima de Covid-19 em Marília
Giovanna Volpe faleceu aos 19 anos, vítima de Covid-19 em Marília


A prefeitura também informou que a irmã adolescente da jovem e o avô dela, que é marido da idosa que morreu, também estão internados com exames positivos para coronavírus.

A Vigilância Epidemiológica informou ainda que continua ampliando a busca de contatos desta família, fazendo os testes para a Covid-19.

A jovem será sepultada nesta terça-feira, sem direito a velório por consequência do diagnóstico de coronavírus. Recebe homenagens em redes sociais e mensagens de amigos que destacam uma moça alegre.

"Vai brilhar no céu estrelinha. Eu te amo, jamais vou me esquecer de você e dessa sua alegria, amei te conhecer e poder trabalhar do seu lado", postou uma amiga

A perda da estudante acompanha um dia decisivo para medidas de prevenção na cidade, em que serão discutidas eventuais mudanças nas regras de flexibilização, funcionamento de empresas e serviços.

Duas reuniões, pela manhã e à tarde, vão analisar dados de evolução da epidemia, estrutura de atendimento e as medidas a serem tomadas na cidade.

Giro Marília
+ VEJA TAMBÉM