15 de Agosto de 2022
20º/30º
Notícias - Região

Professor assisense é diagnosticado com doença rara; caso é 15° relatado no mundo

A família de Iatan Rodrigues pede ajuda para o tratamento de neuroreabilitação

O professor Iatan Rodrigues Boutros, de 32 anos, nascido e criado em Assis viu sua vida mudar completamente após ser diagnosticado com uma doença rara, a neurotoxoplasmose, doença que atinge o sistema nervoso central.

A doença é causada pelo parasita Toxoplasma Gondii, presente no solo, alimentos, fezes de gatos, pombos e roedores.

Iatan Rodrigues é o 15° caso relatado no mundo de neurotoxoplasmose em uma pessoa imunocompetente, que é um tipo raro de inflamação no cérebro.

Divulgação - Iatan Rodrigues Boutros, de 32 anos - Foto: Divulgação
Iatan Rodrigues Boutros, de 32 anos - Foto: Divulgação


Diagnóstico

No início do ano, Iatan acabou acometido pela Covid-19. Seu quadro evoluía bem, porém, de um dia para o outro começou a apresentar sintomas neurológicos e precisou ser internado às pressas no hospital da UNIFESP em São Paulo, onde mora atualmente.

Segundo a irmã de Iatan, Maíra Zanoti, foram dias angustiantes, Iatan não respondia aos tratamentos e os médicos acreditavam que a encefalite teria origem autoimune, que é quando o sistema imunológico da paciente luta contra o próprio corpo.

Iatan ficou quase 3 meses em coma e com a atividade neurológica totalmente comprometida, o que, estatisticamente, o colocava com mínimas condições de recuperação.

Divulgação - Iatan com sua irmã Maíra - Foto: Divulgação
Iatan com sua irmã Maíra - Foto: Divulgação


"Depois que os resultados para neurotoxoplasmose saíram, o tratamento com antibióticos surtiu efeito e pudemos ver meu irmão voltar a responder estímulos novamente", conta a irmã de Iatan.

Recuperação

Assim como o desenvolvimento da doença contrariou todas as estatísticas, a recuperação do professor também surpreendeu a todos.

"Ele tem uma força imensa, superou esta fase e agora colabora intensamente com as sessões de fisioterapia, demonstrando compreender comandos e aos poucos se comunicando com os médicos e com a família", pontuou.

Pedido de ajuda

O jovem é bacharel em ciências biológicas, mestre e doutorando em psicologia, pesquisador do comportamento humano e para que possa retomar a vida em sua totalidade, reaprender a respirar, a engolir, falar, andar, comer, escrever, é necessário um processo de trabalho intenso, com cuidado profissional em clínica neurológica, 24h, durante os primeiros meses.

E com isso, a família do jovem está realizando uma vakinha online para ajudar a custear o tratamento intensivo de neuroreabilitação, o qual precisa ser iniciado imediatamente.

"Eu e minha família, estamos fazendo essa vakinha para darmos a ele a oportunidade de fazer boa reabilitação, para que ele retome sua vida, após o milagre de ter acordado e se recuperado da encefalite, quando nem mesmo os médicos tinham mais esperanças", disse Guilherme, o cunhado de Iatan.

Divulgação - Iatan com o sobrinho Bento - Foto: Divulgação
Iatan com o sobrinho Bento - Foto: Divulgação


A família não tem condições no momento de arcar com as despesas e se esperar muito para o início do tratamento, o Iatan pode ficar com sequelas irreversíveis.

Quem tiver condições em contribuir, poderá ajudar de três formas:

- Acessando a Vakinha Online clicando aqui.
- Fazer um PIX de qualquer valor através do CPF: 265.978.778-61 (Maria Angélica Boutros Ladeia)
- Depósito e transferência para o banco 260 - Nu Pagamentos S.S - Ag. 0001 - CC - 50035219.
Redação AssisCity
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM