05 de Junho de 2020
15º/27º
NOTÍCIAS » REGIÃO

Tribunal nega liminar para flexibilização do comércio de Osvaldo Cruz

Os comerciantes de Osvaldo Cruz voltaram a fazer uma corrente de oração nesta manhã pedindo a reabertura de lojas.

O Tribunal de Justiça de São Paulo não concedeu medida liminar solicitada pela Prefeitura de Osvaldo Cruz no sentido da flexibilização do comércio, ao contrário de Tupã e Bastos.

Segundo o que consta no mandado de segurança que tramita junto ao Tribunal de Justiça em São Paulo, o procedimento terá que aguardar decisão quanto ao mérito da causa.

Já o pedido de reconsideração de liminar concedido ao Ministério Público na Comarca de Osvaldo Cruz quanto aos serviços essenciais do comércio local poderem trabalhar no sistema "drive thru” ainda não tem decisão do juiz local.

A Prefeitura de Osvaldo Cruz aguarda decisão na ação civil pública ajuizada pela Promotoria local em que houve aperto nas formas como o comércio não essencial pode atuar.

Os comerciantes de Osvaldo Cruz voltaram a fazer uma corrente de oração nesta manhã pedindo a reabertura de lojas.



Os comerciantes de Osvaldo Cruz voltaram a fazer uma corrente de oração nesta manhã pedindo a reabertura de lojas.


Ocnet
+ VEJA TAMBÉM