25 de Setembro de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

AME de Tupã já faz atendimento por teleconsulta

Para reduzir ainda mais os riscos de contaminações no local, o AME está desenvolvendo o atendimento de telemedicina, com consultas realizadas de forma remota com os pacientes.

O AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Tupã está readequando sua estrutura de atendimentos, para não comprometer as consultas realizadas por pacientes de 18 cidades da região, mesmo em tempos de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A gerente do AME de Tupã, Mariana Mangineli, explicou que a unidade está seguindo rigorosamente as recomendações dos órgãos de saúde para que os usuários também não corram o risco de ficarem sem seus atendimentos médicos. "Sabemos que o risco de ficar sem os atendimentos também é grande. Estamos realizando consultas, exames, cirurgias, tudo dentro das recomendações”, afirmou.

Reorganização

Segundo Mariana, o AME mantém seus atendimentos, porém, em número reduzido e horários diferenciados para evitar aglomerações no ambulatório. "Conseguimos dimensionar os horários que tinham mais atendimentos e mudamos para os horários que tinham menos. Alguns exames, trocamos de horário. Tentamos fazer algumas mudanças para tentar diminuir principalmente nos dias que mais tem aglomeração no período da manhã. Ainda estamos fazendo essa reorganização. É um processo que não termina’’, afirmou. "Estamos todos os dias pensando em novas maneiras e novas formas, atualizando os protocolos, tudo pensando realmente na saúde da população”, completou.

Telemedicina

Para reduzir ainda mais os riscos de contaminações no local, o AME está desenvolvendo o atendimento de telemedicina, com consultas realizadas de forma remota com os pacientes.

Mariana explicou que os médicos entram em contato com os pacientes por telefone para saber o estado de saúde. "Se necessário, prescreve medicações e depois o paciente só vem buscar a receita. Também encaminhamos caso o usuário seja de fora. A telemedicina tem ajudado nessa questão da aglomeração”, afirmou.

Estrutura

Somente os pacientes em estado crítico chegam na unidade com acompanhantes. Para aumentar a segurança, principalmente dos usuários que estão no grupo de risco como idosos, hipertensos e diabéticos, o AME está realizando triagem com verificação de temperatura e disponibilização de álcool em gel para todos.

Mariana explicou que o AME instalou uma tenda com cadeiras e mudou o estacionamento das ambulâncias, para facilitar o acesso dos pacientes e aumentar a comodidade durante a espera das consultas, em um espaço arejado e com sombra. "Estamos tentando, de todas as formas, reduzir os riscos para quem tem que se locomover, sair de casa e sair da quarentena para vir cuidar da saúde”, afirmou.

Vale lembrar que, apesar da reorganização, o AME mantém seu horário de atendimento normal, inclusive as consultas aos sábados que permanecem das 7 às 13 horas. "Estamos com todos os nossos programas em atendimento normal”, destacou a gerente do AME de Tupã.
Jornal Diário
+ VEJA TAMBÉM