13 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Após testes em massa, Tupã chega aos 106 casos positivos de coronavírus

Município já realizou quase 800 exames com o intuito de detectar casos da doença e realizar o controle da transmissão.

A Prefeitura de Tupã divulgou na tarde desta quarta-feira (08) os resultados da segunda etapa da testagem em massa para detecção de novos casos de coronavírus na cidade. De acordo com os dados foram realizados mais 790 testes em profissionais de saúde, agentes de segurança e pessoas que tiveram contato com casos confirmados da doença.

Deste total, foram detectados mais 38 casos confirmados da doença, sendo que 30 estão considerados recuperados e fora do período de transmissão. Os outros 8 casos confirmados estão sendo devidamente monitorados pela Vigilância Epidemiológica e Unidades de Saúde e os pacientes estão afastados até o término do período de transmissão para evitar a propagação da doença.

O secretário municipal de Saúde, Miguel Ângelo de Marchi, destacou que a testagem em massa é fundamental para que a prefeitura possa desenvolver ações mais eficientes para evitar a propagação do Covid-19 já que ela possibilita um diagnóstico mais preciso sobre a evolução da doença na cidade.

"Com a testagem em massa temos condições de ampliar as ações de rastreio e busca examinando pessoas que tiveram contato com pessoas contaminadas pelo coronavírus, detectando casos que eventualmente poderiam não ser contabilizados pelo fato do paciente ser assintomático. Ou seja, a pessoa poderia ter contraído a doença, mas por ela não apresentar os sintomas da doença não seria notificada e nenhum trabalho de bloqueio seria realizado com ela, ampliando consideravelmente a possibilidade dela infectar outras pessoas”, explicou.

Segundo ele, desde o início da pandemia a prefeitura já realizou 1.434 exames, sendo 185 pacientes notificados (que apresentaram sintomas da doença) e 1.249 exames em massa.
O secretário de Saúde informou também que com os resultados da segunda etapa da testagem em massa, o número de casos confirmados da doença em Tupã subiu para 106 casos, com 2 óbitos e 21 pacientes ainda em período de transmissão, sendo 2 internados na UTI.

Por outro lado, o total de pacientes recuperados da doença aumentou para 83. Já os casos negativos totalizam 1.318. A cidade conta ainda com 10 suspeitos aguardando resultado, sendo 4 pacientes em isolamento domiciliar, 3 em isolamento hospitalar e 3 na UTI.

Vale lembrar que a taxa de ocupação hospitalar na UTI nesta quarta-feira subiu para 39,9%, com 5 pacientes de Tupã (2 positivos e 3 suspeitos) e 1 de Parapuã (1 positivo). Já a taxa de ocupação da enfermaria caiu em 30%, com 4 pacientes de Tupã (2 positivos e 2 suspeitos), 1 de Quatá (positivo) e 1 de Promissão (positivo).

Coletiva foi realizada nesta quarta (08) para falar sobre os testes em massa.
Coletiva foi realizada nesta quarta (08) para falar sobre os testes em massa.


Já o prefeito Caio Aoqui enfatizou que a realização da testagem em massa está sendo possível graças aos novos equipamentos viabilizados para o Laboratório Municipal, que recebeu equipamentos de última geração, com o mesmo padrão de instituições renomadas como o Instituto Adolfo Lutz, Fiocruz, Hospital Albert Einstein e a Unesp de Botucatu.

"Esses equipamentos garantem uma maior precisão no diagnóstico, o acaba resultando na detecção de mais casos confirmados. E isso é essencial para que possamos ter uma visão mais precisa da evolução da doença na nossa cidade e assim definir ações mais específicas para o enfrentamento da Covid-19”, afirmou.

Caio lembrou também que Tupã continua sendo a única cidade da região Oeste paulista a realizar testagem em massa. Ele destacou, entretanto, que a ação, que complementa uma série de medidas adotadas pela prefeitura para evitar a propagação do coronavírus, necessita da colaboração da população para que realmente possam surtir resultado.

"Desde o início da pandemia a prefeitura realizou diversas ações para combater a pandemia. Além dos investimentos no nosso Laboratório Municipal também adotamos várias medidas sanitárias e reestruturamos nossa rede hospitalar. A seriedade desse trabalho contribuiu para que Tupã pudesse manter a doença sob controle, o que foi decisivo para conquistarmos a autorização judicial que permitiu a flexibilização controlada do comércio. Mas para que todas essas conquistas e avanços sejam mantidos é fundamental que a população também continue fazendo a sua parte, respeitando as medidas de prevenção, fazendo uso correto da máscara e obedecendo as normas de distanciamento, evitando aglomerações”, concluiu.






Assessoria de Imprensa
+ VEJA TAMBÉM