12 de Julho de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Com novos respiradores, Tupã aumenta em 50% a capacidade de atendimento a pacientes com coronavírus

Tupã recebeu do governo estadual mais 5 respiradores para a Santa Casa, passando de 10 para 15 o número aparelhos. Ou seja, houve aumento de 50% na capacidade de atendimento.

A Santa Casa está há 3 dias sem nenhum paciente tupãense internado por Coronavírus na enfermaria ou na UTI do hospital. Segundo boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura nesta sexta-feira (19/06), mais 4 casos suspeitos foram notificados, todos em isolamento domiciliar.

Também foram divulgados 2 novos resultados, sendo 1 caso negativo e 1 caso positivo, ambos em isolamento domiciliar. A Secretaria de Saúde confirmou ainda que mais 1 paciente que contraiu a doença foi considerado recuperado.

Com os novos resultados, Tupã conta até momento com 121 notificações da doença, sendo 82 casos descartados. O boletim informa também que há 6 casos suspeitos aguardando resultado, sendo todos em isolamento domiciliar. Tupã conta total de 33 casos confirmados, 2 óbitos e 23 pacientes recuperados.

Os dados também mostram que nesta sexta-feira, Tupã permaneceu, pelo terceiro dia consecutivo, sem nenhum paciente suspeito ou confirmado de Covic-19 internado na enfermaria ou UTI da Santa Casa.

O boletim epidemiológico comprova ainda que a conscientização da população, aliada às ações preventivas adotadas pela prefeitura, têm sido eficazes no controle do Coronavírus.

Além de manter o número de casos da doença estável a prefeitura também conseguiu nova ampliação na estrutura de atendimento aos pacientes de Covid-19.

Na noite desta quinta-feira (18) a Tupã recebeu do governo estadual mais 5 respiradores para a Santa Casa, passando de 10 para 15 o número aparelhos. Ou seja, houve aumento de 50% na capacidade de atendimento.

Com a ampliação dos leitos equipados com respiradores, a taxa de ocupação hospitalar na UTI diminui ainda mais, chegando a apenas 6,6%, atendendo atualmente a apenas 1 paciente da microrregião. Já nos leitos de enfermaria a taxa de ocupação permanece em 10%, atendendo pacientes da microrregião.



Redação Tupacity/Com informações Assessoria PMT
+ VEJA TAMBÉM