08 de Agosto de 2020
20º/30º
NOTÍCIAS » SAÚDE

População já pode se vacinar contra o sarampo, caxumba e rubéola

O público-alvo são crianças de 6 a 11 meses que devem receber a dose zero da vacina, pessoas de 1 ano a 29 anos com o esquema de vacinação incompleto e adultos de 30 a 49 anos.

A Campanha de Vacinação Tríplice Viral, que protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, já começou no município.

Todas as 15 salas de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão abertas para aplicar a imunização de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 16h30, já na sexta-feira, o horário é das 7h30 às 16h.

O público-alvo são crianças de 6 a 11 meses que devem receber a dose zero da vacina, pessoas de 1 ano a 29 anos com o esquema de vacinação incompleto e adultos de 30 a 49 anos.

De acordo com a chefe do setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Yuri, as pessoas que forem até as unidades precisam levar a caderneta de vacinação e o cartão do SUS, pois dependendo da idade do munícipe a vacina será aplicada mediante a avaliação da caderneta.

"O munícipe com idade entre 1 e 29 anos só receberá a vacina se estiver com o esquema de imunização incompleto. Por isso, é fundamental que as pessoas levem a caderneta de vacinação para que as equipes realizem a avaliação”, explicou.

Juliana pediu ainda para que a população se atente às recomendações de prevenção ao coronavírus e da obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção. "É importante que todos estejam imunizados contra o sarampo, caxumba e rubéola, pois são doenças que podem trazer diversas complicações. Mas não podemos nos esquecer do coronavírus”, pediu.

Vale destacar que devido à pandemia do novo Coronavírus, é recomendado que o munícipe mantenha a distância de no mínimo 1,5 metro de outros indivíduos. Além disso, as pessoas que apresentam quadros gripais devem ligar na unidade mais próxima e explicar a situação, para que os agentes agendem um dia e o munícipe seja imunizado.

Campanha de Vacinação Tríplice Viral

A vacina tríplice viral é a única medida preventiva e eficaz conta o sarampo, caxumba e a rubéola. E cada pessoa deve tomar duas doses dela, conforme as indicações do Calendário Nacional de Vacinação.

Assessoria PMT
+ VEJA TAMBÉM