02 de Junho de 2020
14º/27º
NOTÍCIAS » SAÚDE

Santa Casa: adequações no atendimento do Pronto Socorro serão necessárias durante reforma

Todo o espaço do Pronto Socorro será reformado a partir de fevereiro

O Pronto Socorro do Hospital Santa Casa de Misericórdia passará por uma grande reforma a partir do mês de fevereiro.

Serão investidos cerca de R$ 500 mil reais na obra, que será totalmente custeada pela Prefeitura de Tupã e deve durar, no máximo, de dois a quatro meses.

A notícia, no entanto, preocupou a população, já que serão necessárias algumas adequações no atendimento para que a reforma seja feita.

O Tupacity.com conversou com o administrador da Santa Casa, Laércio Garcia, que explicou como o processo deverá funcionar.

Para que as obras comecem, será feito um remanejamento provisório dos atendimentos de Pronto Socorro para o local onde fica o Banco de Sangue.

"Com isso, nós teremos que reduzir o número de plantonistas que atendem simultaneamente, já que o espaço será menor. Os atendimentos não serão paralisados, o Pronto Socorro não será fechado. É uma adequação temporária até que a reforma acabe", explicou.

Atualmente, a Santa Casa dispõe de dois médicos plantonistas durante o dia e à noite. Laércio também enfatizou que, diferente do que ocorreu no ano passado quando houve infestação por dengue na cidade, o fluxo de atendimento diminuiu consideravelmente. Além disso, afirmou que se necessário, outro médico será destinado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O que vai mudar com a reforma?

Dentre as principais mudanças da reforma, que vai abranger toda a parte do Pronto Socorro, incluindo o setor de Raio-X, está a implantação de uma sala separada para atender casos como acidentes ou de internação.

"Quando chegar um paciente de internação, não será necessário passar pela sala de espera para que seja encaminhado para a parte interna do hospital. Haverá um espaço destinado apenas para estes casos", explica o administrador da Santa Casa. Vale ressaltar que, inclusive vítimas de acidentes, passam pela sala de espera, o que gera desconforto para todos os pacientes.

A parte frontal do Pronto Socorro também será expandida, dando mais comodidade para que espera para ser atendido. Laércio Garcia afirmou ainda que toda a obra e situação da saúde municipal está sendo acompanhada de perto pelo secretário municipal de Saúde, dr. César Donadelli.
Pronto Socorro atualmente/Foto: Sinkrofoto
Pronto Socorro atualmente/Foto: Sinkrofoto

Investimentos

À redação do Tupacity.com , o prefeito Caio Aoqui disse que os recursos que o executivo vai investir na reforma do local serão, em parte, provenientes do duodécimo que a Câmara Municipal devolveu à prefeitura. Em 2019, o valor foi de 2 milhões e 701 mil reais. (R$ 2.701.000,00). "A reforma será uma parceria entre a Câmara e o executivo", salientou Aoqui.

Ainda de acordo com o chefe do executivo, a UPA será o ponto de referência para atendimentos de urgência e emergência enquanto a reforma durar. "O atendimento só sofrerá alteração quando for iniciada a reforma. O principal objetivo da obra e justamente melhorar os serviços oferecidos aos usuários", destacou.
Todo o espaço do Pronto Socorro será reformado a partir de fevereiro
Todo o espaço do Pronto Socorro será reformado a partir de fevereiro

Confira na íntegra a nota enviada à imprensa sobre a reforma:

A Prefeitura e a direção da Santa Casa de Misericórdia de Tupã negaram ontem a possibilidade de fechamento do pronto-socorro do hospital. A Santa Casa, que recebe subsídios mensais da prefeitura, continua realizando normalmente os atendimentos sem qualquer tipo de prejuízo ou transtorno à população. Ainda de acordo com a prefeitura e a Santa Casa, o atendimento só sofrerá alteração quando for iniciada a reforma do pronto- socorro. A obra, que será executada com recursos municipais, tem por objetivo justamente melhorar os serviços oferecidos aos usuários. Para não prejudicar a população, durante o período de obras, os atendimentos de urgência e emergência prestados pela Santa Casa serão referenciados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), garantindo assim a manutenção do atendimento à população.



Redação Tupacity
+ VEJA TAMBÉM