22 de Janeiro de 2021
20º/30º
Notícias - Saúde

Secretário de Saúde fala sobre a possibilidade da expansão de leitos de Covid-19

'Às vezes podemos ter mais leitos na UTI, mas não os profissionais necessários para a manutenção desses leitos (enfermeiros, auxiliares, nutrição, técnicos, limpeza, entre outros)', destaca.

A contratação de equipe de profissionais é um dos desafios para a expansão das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento da Covid-19, em Tupã.

Em entrevista ao TupãCity.Com, o secretário da Saúde, Miguel Ângelo de Marchi, explica que a ampliação de leitos depende de alguns fatores.

Às vezes podemos ter mais leitos na UTI, mas não os profissionais necessários para a manutenção desses leitos (enfermeiros, auxiliares, nutrição, técnicos, limpeza, entre outros), destaca.

Além desses fatores, também é necessário propor para a Diretoria Regional de Saúde (DRS) avaliar a possibilidade de ampliação desses leitos.

Secretário de Saúde fala sobre a possibilidade da expansão de leitos de Covid-19. Foto: Imagem Ilustrativa.
Secretário de Saúde fala sobre a possibilidade da expansão de leitos de Covid-19. Foto: Imagem Ilustrativa.


Ocupação de leitos da UTI está em 100%

Conforme noticiado pelo TupãCity.Com, neste domingo (10), os leitos de UTI da Santa Casa de Misericórdia de Tupã atingiram lotação máxima (100% de ocupação). Ou seja, se um paciente precisar de um leito, não há mais nenhum disponível.

No boletim divulgado pela Prefeitura de Tupã nesta segunda-feira (11), foi informado que apenas 5 pacientes são de Tupã (33,3% do total) e os 10 restantes são da região (66,6% do total), incluindo 2 de Bastos, 1 de Parapuã, 1 de Queiroz, 1 de Ourinhos, 1 de Rinópolis, 1 de Arco-Íris, 1 de Pompéia, 1 de Ocauçu e 1 de Bernardinho de Campos.
TupãCity - Ana Santoni
+ VEJA TAMBEM