09 de Dezembro de 2022
20º/30º
Notícias - Saúde

Unidade Covid encerra atendimentos

Segundo a prefeitura, medida se deve à queda drástica nos casos de Covid

A Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que está encerrando os atendimentos na Unidade Covid. De acordo com o titular da Pasta, Miguel ngelo de Marchi, a unidade funcionará somente até a próxima segunda-feira, dia 31 de outubro.

Ele explicou também que a Unidade Covid, que foi implantada com objetivo de oferecer um atendimento mais ágil e eficiente aos casos suspeitos e confirmados de coronavírus na cidade, se encontra ociosa e subutilizada com as sucessivas quedas no número de atendimentos diários e a redução drástica de novos casos da doença.

Segundo Dr. Miguel, no mês de outubro foram registrados 726 atendimentos de síndrome gripal, sendo constatado apenas 1 positivo. Para ele, o resultado demonstra que a população realmente aderiu ao atendimento prestado pela prefeitura e que as medidas de prevenção, aliada ao avanço da vacinação, foram fundamentais para que a população adquirisse certa imunidade à Covid, resultando na queda vertiginosa do número de casos.

O secretário de Saúde informou também que apesar da mudança a prefeitura continuará mantendo o monitoramento da doença no município, com os eventuais casos suspeitos sendo atendidos nas unidades de Saúde e encaminhados para exame no Laboratório Municipal.

"Com a queda expressiva nos casos de Covid na cidade, a estrutura que a Secretaria de Saúde montou para atender a população começou a ficar ociosa. Por isso vamos encerrar os atendimentos na Unidade de Covid em novembro. Mas isso não quer dizer que vamos deixar de monitorar os casos da doença. Os casos suspeitos continuarão sendo atendidos nas unidades de saúde e caso haja necessidade os exames continuarão sendo realizados pelo Laboratório Municipal", explicou.

Ele reforçou que a prefeitura continuará atenta à evolução da doença e que a Secretaria de Saúde está preparada para reativar a Unidade Covid rapidamente, se houver novo agravamento dos casos da doença.
Assessoria
Receba em primeira mao nossas noticias!
Participe de nossos grupos:
+ VEJA TAMBEM